Artigos na categoria Pequeno Livro do Tempo

465 Leituras
«Que te diz o tempo, sempre?» «Diz-me: Vai-te.» * «Que te dit sans cesse le temps?» «Il me dit : Va-t’en.» Texto de João Pedro Mésseder, traduç...

304 Leituras
Temporal: talhada de tempo muito chovida e ventada. Às vezes, trovejada. * Tempête: pièce de temps taillée à grands coups de pluie et de vent. Parfo...

230 Leituras
O tempo dos assassinos – toda a gente o sabe, mas é preciso lembrá-lo – é sempre também o tempo dos santos e dos poetas, o tempo dos surdos e dos cego...

248 Leituras
O teu tempo: algumas vinhetas (uma prancha?) numa imensa banda desenhada. * Ton temps : quelques vignettes (une planche ?) dans une immense bande de...

318 Leituras
Ganhar tempo – para terminar rapidamente, para terminar dentro do prazo. Sim, ganhar tempo, mas, desgraçadamente, para ser escravo do tempo. * Gagne...

316 Leituras
Não é que as folhas de calendário se assemelham às grades de uma prisão?  * Ça alors! les feuilles du calendrier ressemblent aux grilles d’une priso...

378 Leituras
O tempo e o vento… Libertai o vento desta velha metáfora, libertai o vento do tempo… * Le temps et le vent… Libérez le vent de cette vieille métapho...

391 Leituras
Quando se fala em pontualidade britânica, partir-se-á do princípio de que existe uma pontualidade mediterrânica, outra africana, outra dos povos da Oc...

376 Leituras
O tempo é um quebra-móveis e um quebra-imóveis. * Le temps est un brise-meubles et un brise-immeubles. Texto de João Pedro Mésseder, tradução de ...

370 Leituras
O tempo não passa, é o corpo que passa, são os seres e as coisas que passam. * Le temps ne passe pas, c’est le corps qui passe, ce sont les êtres et...

394 Leituras
Horário – não, não é uma invenção calvinista. * Emploi du temps – non, ce n’est pas une invention calviniste.   Texto de João Pedro Mésse...

397 Leituras
Há o que pensa : O tempo não nos pertence, somos nós que pertencemos ao tempo. E há o outro que pensa: O meu tempo pertence-me, sou eu que faço o meu...

432 Leituras
Não era o tempo o que a fiel Penélope enganava ao tecer e destecer o sudário de Laertes, mas sim os pretendentes à sua mão de rainha. * Ce n’était p...

385 Leituras
Eu recordo, eu esqueço, eu conto, eu recito, eu imagino… É assim que conjugo o tempo… * Je me souviens, j’oublie, je raconte, je récite, j’imagine… ...

Vai no Batalha

NOS últimos dias, estes autocolante têm sido colados na cidade. Não conheço os autores, que se dispuseram a produzir numa gráfica milhares deles. Não conheço quem os financia nem qual o fim que perseguem.

Rua da Estrada

465 Leituras
REZAM lendas vindas da noite dos tempos que em Pombal vivia um mouro num grande palácio para onde trazia belas donzelas atordoadas pelas suas artes de...

Enigmatógrafo

465 Leituras
Quantos passos tem um paço?

No slogan da campanha eleitoral de António Parada para a Câmara de Matosinhos, onde se lê "António Parada Sim!" deve ler-se "António, parada? Sim." por PML